O RH 5.0 COMO ACELERADOR DE RESULTADOS


Para entendermos o RH como acelerador de resultados nas Organizações é importante contextualizar duas funções, cujos termos se aproximam muito: RH e Gestão de Pessoas.


Para essa contextualização é necessária a distinção entre RH e Gestão de Pessoas que, no meu ponto de vista, se diferenciam entre o papel da Área de RH e das demais Áreas das empresas no lidar com pessoas.


Quando eu me refiro ao RH, estou falando das Áreas de RH das empresas na condução de seus Sub Sistemas, responsáveis pela atração e retenção de talentos, orientação e apoio as lideranças para o alcance de seus objetivos, bem como da formulação e implementação de políticas, diretrizes, processos, normas, procedimentos e ferramentas necessárias à condução adequada das pessoas nas Organizações.


Em relação à Gestão de Pessoas, entendo como uma função bem mais ampla que o RH, envolvendo o gerenciamento dos colaboradores das empresas pelos seus respectivos Líderes, em todas as Áreas das Organizações, abrangendo o lidar com as pessoas na condução e execução de seus processos.


Todo Líder faz Gestão de Pessoas. O Líder faz a Gestão direta de seus colaboradores e o RH a Gestão indireta dos colaboradores desses Líderes, digamos assim.


O que os Stakeholders esperam da Gestão de Pessoas nas Organizações? E como o RH entra nesse “jogo”, acelerando resultados?


Na minha visão e vivência com Executivos de muitas empresas, no Brasil e no exterior, os acionistas e proprietários dos empreendimentos esperam que as pessoas sejam conduzidas de maneira a gerar os resultados traçados, devidamente alinhados aos propósitos, políticas e diretrizes da Organização.


Mas de qualquer forma? Não. Tem alguns quesitos importantes na geração dos resultados das pessoas, que são: 1) qualidade; 2) custos; 3) processos; 4) produtividade; e 5) ambiência.


Para que possamos acelerar os resultados das organizações, esses quesitos precisam atender aos seguintes pressupostos:


1) Ter agilidade e qualidade, de acordo com os prazos e condições negociadas com os clientes em relação aos produtos e serviços;


2) Minimizar custos (gastar o mínimo possível);


3) Adequar os processos à modernidade e eficiência;


4) Maximizar a produtividade, melhoria continua da performance;


5) Manter o ambiente interno e externo favorável ao desenvolvimento (melhoria contínua dos relacionamentos).


É isso que se espera das pessoas e dos seus Líderes em relação à Gestão de Pessoas.


Vejamos então o segundo ponto, que é o RH como acelerador de resultados.


O RH acelera resultados, na medida que ajuda esses Líderes e seus comandados em todos os quesitos comentados anteriormente, acompanhando o desenvolvimento individual e coletivo das pessoas, bem como propondo e implementando melhorias ajustadas às necessidades de cada Unidade da empresa.


A ajuda do RH envolve grande esforço na atração e retenção de talentos e valores, adoção de inovações e novas tecnologias, agilização de tarefas, redução de custos, melhoria de relacionamentos, melhoria de processos, melhoria de performance de pessoas, diminuição de turnover, aumento de produtividade, dentre outros.


Essas novas práticas dos RH’s propiciaram a migração dos RH’s convencionais para a geração que se denomina RH 5.0.


Se temos hoje a Indústria 4.0, o RH tem que ser 5.0, ou seja, o RH à frente do seu tempo. Hoje em dia, o RH moderno é o RH Preditivo, além do uso de muita tecnologia digital, algoritmos e inteligência artificial, está com os olhos no futuro, nas novas funções, novas posições, novos cargos, novos resultados.


Os RH’s das grandes e modernas empresas estão vivendo essa nova geração, com foco preditivo e totalmente voltados aos resultados dos negócios, usando muita tecnologia de ponta para proteger tanto as empresas quanto as pessoas.


Para girar esse RH 5.0 e fazê-lo acelerar os resultados empresariais, o mercado conta com o HR Business Partner - O RH como parceiro de negócio.


O RH 5.0, para propiciar essa aceleração de resultados, trouxe para dentro de sua Área uma série de tecnologias digitais e inteligência artificial em todos os seus subsistemas, armazenando dados e informações da empresa e dos colaboradores, gerando estatística e usando algoritmos precisos, permitindo tomadas de decisão assertivas em todas as Áreas e níveis empresariais e garantindo uma Gestão Global de Pessoas extremamente ágil e focada na obtenção dos resultados desejados.


A tecnologia tem impactado as relações humanas de maneira muito positiva. As bases estatísticas dos quantitativos humanos tem direcionado decisões empresariais importantes e assertivas por meio das ferramentas de People Analytics.


Temos muita tecnologia disponível para se ter uma Gestão de Pessoas diferenciada, adequada e oportuna aos negócios empresariais, mas nem todo RH hoje está capacitado por inúmeras razões, dentre elas, principalmente, falta de conscientização e falta de conhecimento das melhores práticas de mercado.


Quanto à capacitação das Áreas de RH, não é difícil, basta primeiro que haja consciência, conhecimento e convencimento da cúpula das empresas para adotar um RH estratégico e atuante. Existem no mercado consultorias, ferramentas e treinamentos que podem ajudar na realização dessa mudança.


Uma boa opção para os RHs seria atrair os profissionais Geek para facilitar o uso e aplicação dessas tecnologias. Contratar profissionais Geek de RH.


No meio empresarial define-se “geek” como pessoas ligadas ao uso intenso da tecnologia e que possuem interesse e habilidades no trato com recursos computacionais. Altamente treinados, motivados e capacitados, são profissionais que as organizações precisam encontrar para sobreviver no mundo digital. Uma boa para os RHs 5.0.

Concluindo, os avanços tecnológicos tornaram as Áreas de RH uma ferramenta estratégica para os empresários: o RH 5.0, acelerador de resultados. O seu papel atual tem foco no preditivo e é totalmente voltado aos resultados dos negócios que estão por vir, usando, portanto, muita tecnologia de ponta para assegurar os resultados propostos e assim proteger e acelerar tanto as empresas quanto as pessoas.



Prof. Adm. Alexandre Péret

(31) 9 8802-1076


Cartão Corporativo Digital - https://lnkd.in/gab9eHSq


Diretor Executivo da Empresa PLANEJAR;

Conselheiro e Consultor de Empresas;

Dirigiu e organizou mais de 50 grupos empresariais nacionais e multinacionais;

Liderou Equipes e Projetos no Brasil e no exterior;

Membro do Grupo de Gestão de Pessoas do CRA-MG.







Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon